18 de dez de 2012

Blogagem Coletiva - Zimbabwe


Olá Queridas!!!
Depois de 24 semanas viajando e provando sabores, com condimentos variados, chegamos ao final dessa BC, que vai deixar saudade. Foi uma experiência incrível, que nos deu o prazer de conhecer, sentir um pouco das histórias, costumes, culturas diferentes das quais convivemos no dia a dia. Tivemos a oportunidade de conhecer um pouco mais do mundo em que fazemos parte. Cada terça-feira  foi um intenso aprendizado, abrindo novos horizontes visuais e melhorando o nosso paladar. O maior prazer de todo esse trabalho durante essas 24 semanas, foi ver que existe um interesse incrível por muitas amigas que aqui estiveram nessas belas viagens. Agora vamos desfazer as malas, depois desse tour mundial. E vamos colocar em prática tudo que nos foi ofertado, e criar pratos diferentes em nossos lares. Sem medo de arriscar nos temperos, simplesmente ir a cozinha e fazer, inventar e saborear tudo. Agora só temos a agradecer a todas pela presença em nossas postagens, pela amizade e pelo carinho dispensado ao  
Falando com as Batatas
E nessa terça-feira na despedida da blogagem coletiva vamos a última letra do alfabeto "Z". 
E vamos conhecer um país incrível. Foi mais uma parada que nos ensinou muito. E nos emocionou por demais. Pois estivemos nesse lugar maravilhoso, e descobrimos muito mais sabores. Realmente conseguimos repensar muito nos aromas, nos temperos. E depois de apreciar toda essa magia,  resolvemos apresentar hoje um país  lindo e exuberante, um país magnífíco.
Claro que esse país também tem seus problemas como qualquer outro país. 
Hummmmmmmmmm!!!!! 
Agora vamos sentir cada sabor.
Esperamos que gostem mais uma vez da nossa viagem.
Então apertem os sintos pois estamos aterrizando no Zimbabwe!!!!
Nossa útima parada.












Estamos participando da Blogagem Coletiva Sabores de A a Z proposta pelo blog Cozinha de Mulher.  Para blogagem coletiva essa semana escolhemos O Zimbabwe, Zimbábue, Zimbabué ou Zimbaué (do xona Zimbabwe, "Casa de Pedra"), oficialmente República do Zimbábue, é um país da África Austral,  anteriormente designado Rodésia do Sul e depois simplesmente Rodésia. É limitado a norte pela Zâmbia, a norte e a leste por Moçambique, a sul pela África do Sul e a sul e oeste pelo Botswana. Sua Capital é Harare. No final do século XIX, os ingleses, dirigidos por Cecil Rhodes, começaram a colonizar a região com o objetivo da mineração. A riqueza da terra atraiu muitos europeus, ficando a população branca a dominar o país. Em 1910, a colónia autônoma se proclamou como Rodésia do Sul. Em 1953, o Reino Unido, temeroso da maioria negra, criou a Federeção da Rodésia e Niassalândia, composta pela Rodésia do Norte (atual Zâmbia), Rodésia do Sul (hoje Zimbabwe) e a Niassalândia (atual Malawi). Em 1964, o Reino Unido concedeu a independência à Rodésia do Norte, com o nome de Zâmbia.  Mas a Rodésia do Sul se recusou, a menos que fossem dadas garantias de que o governo seria eleito pelo sufrágio universal. Um ano depois, o primeiro-ministro da Rodésia do Sul, Ian Smith, declarou unilateralmente a independência em 11 de novembro de 1965 e promulgou uma nova constituição através da qual o país adotava o nome de República da Rodésia. Mas a independência só foi reconhecida quinze anos depois, em 18 de abril de 1980, com o nome de Zimbabwe. Em 1969, uma minoria branca votou em um referendo a favor da república como forma de governo, a qual só foi declarada no ano seguinte, embora não tenha sido reconhecida nem pelo Reino Unido nem pela ONU. Em seguida, começou um conflito sangrento que durou mais de uma década. Em 1979, acordou-se uma trégua (Acordo de Lancaster House) e, após um ano, a maioria negra pôde votar e ser votada pela primeira vez em eleições, sendo eleito primeiro-ministro o moderado bispo Abel Muzorewa, que batizou o país sob o nome de Zimbabwe-Rodesia. Muzorewa concordou em uma transição, através de um governador britânico, até a realização de eleições no ano seguinte. A partir daí, o Reino Unido e a ONU reconheceram a independência do Zimbabwe, que já havia sido declarada quinze anos antes. A União Nacional Africana do Zimbabwe (ZANU) ganhou as eleições. Em 12 de agosto de 1984, o ZANU procurou estabelecer um estado socialista.Dois anos depois, Mugabe anunciou medidas para reprimir os lugares ocupados por brancos na assembleia. Em 2 de dezembro de 1987, Robert Mugabe foi nomeado como o primeiro chefe executivo do Zimbábue. Mugabe foi reeleito em março de 1990. Em 1991, o ZANU oficialmente abandonou seus ideais socialistas, mas promoveu um reforma agrária que serviu para estatizar grandes propriedades dos brancos. A forma como foi feita a expropriação tem sido frequentemente considerada controversa, devido à violência empregada para ocupar tais propriedades. Diferentes organizações internacionais, grupos independentes de direitos humanos e o partido político maior de oposição, o Movimento para a Mudança Democrática, reclamaram sobre a falta de transparência no sistema de redistribuição das terras. Robert Mugabe continua no poder, desde 1981. Nas eleições sucessivas desde 1996, a contagem dos votos têm gerado dúvidas na oposição, tanto a nível interno quanto externo. O governo de Mugabe enfrenta uma crescente oposição, dada a crise econômica no país. O governo acredita que a pressão ocidental sobre Mugabe tem sido o resultado do crescimento das relações económicas com a República Popular da China. Tal disputa é  entre a República Popular da China e os Estados Unidos quanto aos recursos minerais do subsolo do Zimbábue. Bom agora vamos falar da culinária que é formada basicamente pela herança da cozinha Britanica  combinada com pratos Africanos A refeição padrão consiste de sadza (uma espécie de mingau de milho), muitos fazem com a farinha de milho experimentamos e sinceramente não ficou tão bom ao nosso gosto então optamos pelo milho mesmo ( Milho Painço), Os pratos tradicionais do Zimbabwe são preparados com seu principal produto agrícula do país, o milho. As refeiçoes tradicionais são servidas numa tigela coletiva, e cada um serve utilizando sempre a mão direita. A culinária do zimbabwe é marcada pela variedade de molhos, vegetais e carnes. Nas áreas proximas a lagos e rios o peixe também entra no cardápio, como a perca e o salmão de água doce, da Província de Midlands. Por isso hoje fizemos de Entrada o Consume de Batatas,  Salmão, As Batatas Recheadas com Purê de Milho (Sadza), e um Arroz Branco.
Esperamos que gostem dessa viagem!!!!
* Como sempre apresentamos porções individuais.
* Rendimento para 3 pessoas.





Consume
Ingredientes:
03 Batatas Inglesas Grandes
01 Cebola Grande
01 Colher ( sopa) de manteiga
30 ml de azeite
01 Pitada de Orégano
01 Caldo de Frango
200 ml de Leite
½  Lata de Creme de Leite
02 Colheres (sopa) de Creme de Queijo (Cream Cheese)
Folhas de Manjericão Roxo para enfeitar
Modo de preparo do Consume:
Em uma panela aqueça o azeite com a manteiga, corte a cebola em cubos pequenos e refogue na panela. Quando estiver transparente, acrescente o caldo de frango e a batata inglesa cortada em cubos, e refogue. Acrescente o leite na panela até cobrir as batatas com a cebola. Tampe e deixe cozinhar, assim que estiver cozida, desligue o fogo e deixe  esfriar. Leve ao processador com o creme de queijo e processe, volte a panela, se estiver muito grosso pode acrescentar mais leite na hora de bater, mas cuidado pra não deixar muito ralo pois tem que ficar cremoso. Devolva à panela e deixe ferver acrescentando o creme de leite. Deixe levantar fervura. Desligue o fogo se preferir salpique orégano, salsinha, cebolinha verde, queijo parmesão ralado, o que preferir a gosto por cima do caldo. Pronto é só servir. 


Salmão

Salmão
Ingredientes:
450g de Salmão
Sal (a gosto)
Pimenta Moída
03 Colheres (sopa) de Azeite de Oliva
Modo de Preparo do Salmão:
Corte o salmão em pedaços, tempere com sal e pimenta, salpique o azeite de oliva. Leve ao forno a 180° por aproximadamente 30 minutos. (Reserve)


 Arroz Branco
Arroz Branco

Ingredientes:
100g de Arroz Branco
½ Cebola Pequena Picada em Cubos Pequenos
01 Colher (sopa)  de Azeite
02 Dentes de Alho Picado e Moído
Sal (a gosto)
Pimenta Moída Branca
Modo de Preparo do Arroz:
Refogue no azeite a cebola e alho, até a cebola ficar transparente, coloque o sal e a pimenta branca em seguida  coloque o arroz deixe refogar um pouco, cubra com água e deixe cozinhar. Quando a água secar desligue o fogo e deixe terminar de cozinhar tampado.

 Sadza - Purê de Milho


Sadza – Purê de Milho

Ingredientes:
400g de Milho Cozido
01 Cebola Grande Picada em Cubos Pequenos
02 Dentes de Alho Picado e Moído
01 Tomate Sem Pele Picada em Cubos Pequenos
Sal (a gosto)
Pimenta Moída Branca
03 Colheres (Sopa) Azeite
Modo de Preparo da Sadza- Pure de Milho
Refogue no azeite a cebola e o alho, assim que estiver transparente junte o tomate e deixe refogar por 5 minutos. Em seguida junte o milho, o sal e a pimenta  e deixe refogar por mais uns 5 minutos aproximadamente. Desligue o fogo e deixe esfriar um pouco. Depois leve ao processador.  Depois de processado volte a panela e deixe levantar fervura. Desligue o fogo. (Reserve)



Batatas
Ingredientes:
03 Batatas Grandes
Sal (a gosto)
Modo de Preparo das Batatas:
Lave bem as batatas, corte as batatas com casca  ao meio no sentido longitudinal, com uma colher de (chá) raspe fazendo uma cavidade, repare que deixamos uma borda não muito grande. Leve ao forno  por aproximadamente 30 minutos a uma temperatura de 180°. Depois recheie com o purê de milho – sadza. Está pronto, monte os pratos e aguarde pois seus convidados vão elogiar todo seu toque culinário. 


***************************************

Agora vamos viajar um pouco por esse país chamado Zimbabwe.
 Vejam como é lindo!!!
 Espero que gostem!!!

 Bandeira

 Brasão das Armas


 Harare a Capital




Victoria Falls- As Cataratas Vitória ou Quedas Vitória
 É uma das mais espetaculares cataratas do mundo. Situa-se no Rio Zambeze, na fronteira entre o Zimbabwe e a Zâmbia, Tem Cerca de 1,5 km de largura e 128m de altura. David Livingstone explorador escocês, foi o primeiro ocidental a vê-las em 17 de Novembro de 1855 e deu-lhes o nome em honra a Rainha Vitória, o nome do local é Mosi-oa-Tunya, que quer dizer " Fumo que Troveja".
P arque Nacional de Mosi-oa-Tunya, em conjunto com o Parque Nacional de Victória Falls, no Zimbabwe foram inscritos na lista de patrimônio Cultural da Humanidade mantida pela Unesco no ano de  1989.

Ruinas de Pedras do Grande Zimbabwe. É justamente este monumento que dá ao nome de Zimbabwe.

 Acacias

 Zebras

 Elefantes




Imagens extraídas de
http://adeus-ate-ao-meu-regresso.blogspot.com.br
http://jp-lugaresfantasticos.blogspot.com.br/2011/11/cataratas-vitoria-zambia-e-zimbabwe.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Parque_Nacional_das_Cataratas_Vitoria

******************************************
 *************************************

Bom chegamos ao fim dessa  intensa viagem.
 Ao Zimbabwe.
FIM

Beijinhos




18 comentários:

Andréa disse...

Luci querida,
eu que agradeço pelas belas postagens, aprendi muito com vc nesta viagem virtual, passeios por lugares lindos e pratos delicioso, amei!

Beijinhos e sucessos sempre!

Cozinha de Mulher disse...

\o/\o/\o/\o/
É isso que vocês duas merecem, muitas palmas, porque sempre nos apresentaram posts maravilhosos, mergulharam fundo na BC e nos encantaram com uma dedicação que muito me deixou feliz..
O carinho que recebi de vocês e de todas as meninas que participaram dessa BC me deixaram por demais feliz.. Sejam aquelas que participaram somente nas primeiras letras, sejam aquelas que participaram apenas uma vez, sejam aqueles que apenas acompanharam, enfim eu só tenho que agradecer a todos..

Comecei a ler o post de vocês e me emocionei com as palavras, com o carinho.. e como disseram foram 24 semanas de sabores intensos, de paradas por lugares lindos.. com costumes incríveis e sabores que só quem ousa experimentar pode descobrir o quanto são deliciosos..

Fomos para o mesmo lugar srrs e devo confessar que não tinha lugar mais gostoso para fecharmos a BC como Zimbábue.. um lugar de ricos sabores que encantam o paladar de uma forma única..

Amei cada receita.. cada delícia que nos apresentaram aqui hoje..

Obrigada mais uma vez pelo carinho viu?
Beijinhos no coração e uma terça-feira linda..

Das coisas que vejo e gosto. disse...

Oi Luci!

Linda a ultima postagem dessa deliciosa blogagem coletiva. Parabéns por participar desse projeto super lindo. Eu amei cada publicação pois aprendi bastante sobre os lugares apresentados.

Beijos

Selma

Christiane Garcia disse...

Luci, quando conheci seu blog, já estava quase no final da viagem... Vou procurar os outros posts, pois fiquei fascinada. Um super bj

Rosinha Benvenga e Teresinha Putrini Bortolotto disse...

olá como sempre receitas que dispensam comentarios parabéns bjs Rosinha

FAZENDO ARTE disse...

Olá querida!
Que coisa mais linda estes pratos e as fotos, parabéns!
beijos, Oslaine

Guloso e Saudável disse...

Bom dia Luci e Iris,
Vou sentir falta destas bem elaboradas postagens e meu marido vai adorar esta postagem pois nasceu próximo a Zimbabwe.
Parabéns como sempre deliciaram-me com o texto imagens e receitas.
Beijo,
Vânia

Mary - Strawberrycandy disse...

Nestas viagens virtuais aprendi muito,...obrigada por toda a partilha!
Beijinhos
http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/

Zizi Santos disse...

Chegamos na letra Z! e a culinária escolhida é gostosa e a receita fácil. gostei, o país é bem interessante!
Luci, eu ficava imaginando que você era a Iris! pela fotinha.
Agora sei que você é uma rosa perfumada, Linda!
beijos
Zizi

Michelle Carvalho disse...

Amiga que prato lindo!Pena que a Bc está chegando ao fim!
Beijos

Formiguinha disse...

Oi queridas!

Mas que comida gostosa e que país maravilhoso:) Adorava conhecer!
Essas cataratas são um espectáculo que vê-las ao vivo deve ser de parar a respiração.

Parabéns pela iniciativa:)

Beijinhos

piteis da dinha disse...

Amiga, essas batatas ficaram especiais, vou ter que fazer p/ parar de babar.

Luci que lugares lindos, estou encantada...


Bjssssssssss querida e parabéns por tudo viu?

Josy disse...

Parabéns meninas, vcs fecharam com chave de ouro, todas as participações foram excelentes e de muito bom gosto, assim como essa, vou sentir falta dessa blogagem. Adorei os pratos, todos deliciosos, e essa batata com pure de milho hummmm maravilhosa. Bjocas

Lenita disse...

Estes vossos posts são sempre fabulosos!
Adorei tudo, incluindo aquelas batatas recheadas tão lindas e amarelinhas.
Parabéns por este belo trabalho.
Bjs

Prata da casa disse...

Wow! Que viagem incrível e que terminou com um país com paisagens belíssimas e receitas bem diferentes. Este salmão parecia-me bacalhau (!). Tem um ótimo aspeto.
Bjs
Márcia

A Paixão da Isa disse...

super este post tudo mt bonito adorei tudo hehe parabens bjs

Fê Dayrell disse...

Que post maravilhoso, adorei conhecer o Zimbabwe, nunca experimentei purê de milho, mas fiquei muito curiosa.
bjo

sofiaaurora disse...

Gracias por tanta información y por esos platos tan ricos, no conocia nada de la gasronomia de Zimbawue, besos
Sofía

Falando com as Batatas © Copyright 2013. Template personalizado por: WG Design.